Novo tipo de suporte permite peças ocas em FDM de Foma Segura

O algorítimo de suporte com nervuras criados por pesquisadores franceses permite um novo tipo de suporte que não precisa sair da base da peça e ir ate o topo como é o padrão hoje, reduzindo assim material e tempo de impressão.

A pesquisa vem da Universidade de Lorraine,  na França, onde eles estavam experimentando impressões vazadas. Eles queriam um método que ocupasse pouco espaço dentro da cavidade de impressão 3D, o que os levou ao conceito de nervuras internas. Seu método constrói suportes analisando as fatias da impressão incumbente de cima para baixo. Ele procura por qualquer peça sem suporte e adiciona o material necessário na seção abaixo, ou seja, na próxima fatia. Devido à sua colocação, o material não precisa cobrir toda a área e pode assumir várias formas. Vai melhorar muito o serviço de impressão 3D prestada pelas empresas.

” Propomos um algoritmo para gerar estruturas internas de suporte que garantam que o material depositado seja suportado em todos os lugares a partir de baixo, seja confiável para imprimir e exija pouco material extra “, escreveram os pesquisadores Thibault Tricard, Frédéric Claux e Sylvain Lefebvre. “ Isto é conseguido através da geração de estruturas hierárquicas parecidas com nervuras, que se desgastam rapidamente nas paredes internas do objeto. Nosso algoritmo produz estruturas que oferecem uma densidade de suporte muito alta, usando pouco material extra. Além disso, nossos suportes são impressos de forma confiável, pois são compostos por estruturas contínuas parecidas com paredes que sofrem menos com problemas de estabilidade . ”

Peça impressa em 3D demostrando o novo suporte

Os pesquisadores detalham 3 funções que o algoritmo de suporte com nervuras executa. Primeiramente, ele propaga e reduz os suportes da fatia acima. Em seguida, ele detecta áreas que parecem não ter suporte na fatia atual. Por fim, adiciona os suportes que a área requer na forma mais eficiente. Como resultado, ele pode analisar e designar apropriadamente estruturas internas.

As impressões ocas têm sido um modelo importante de redução de peso , mas o padrão FDM pode ser difícil. Os pesquisadores se inspiraram na arquitetura, especialmente em arcos e abóbadas. Muitas estruturas de vault apresentam aspectos hierárquicos e essas hierarquias podem acompanhar suportes densos, ao mesmo tempo em que simplificam rapidamente o design em apenas alguns elementos. Eles comparam este aspecto à estrutura das árvores também.

A equipe demonstrou essas impressões em uma Ultimaker 2 e uma CR-10. Claramente, essas estruturas também são possíveis com máquinas convencionais de consumo. Eles também os mostraram no eMotion Tech MicroDelta Rework e no Flashforge Creator Pro. O algoritmo ainda não é perfeito, com o grupo observando que ainda não é ideal para estruturas de suporte menores.

Fonte: 3D Printing

Deixe uma resposta