Exercito dos EUA Podem Imprimir Armaduras em 3D na Hora

Pesquisadores do Exército criaram um método para produzir armaduras cerâmicas, leves, mas resistentes, de impressora 3D. As impressoras 3D foram criadas pensando em imprimir “bugigangas”, e não coletes à prova de balas – o que significa que os engenheiros tiveram que adaptar a impressora para fazer o trabalho.

A armadura de cerâmica, oferece grande proteção, mas também pode ser difícil de fabricar, especialmente na combinação de materiais para criar um compósito forte.

Para a cerâmica, isso é um desafio, porque você não pode realmente fazer um processo de fabricação aditiva de um passo como o faria com um metal ou um polímero

Lionel Vargas-Gonzalez, pesquisador do Laboratório de Pesquisa do Exército .

A armadura de cerâmica para os projeteis, quebrando-os ou reduzindo sua capacidade de penetração, mas isso depende de quão porosa é a cerâmica. A armadura de cerâmica pode atingir “algo que é de 99 a 100% totalmente denso”, disse Vargas-Gonzalez, e essa densidade é importante porque “a porosidade é uma das principais deficiências da armadura de cerâmica quando se trata de resistir a ameaças”.

Apesar de não estar no manual do fabricante da impressora, Joshua Pelz, candidato a doutorado em ciência e engenharia de materiais na Universidade da Califórnia em San Diego, descobriu como hackear a impressora.

Duas seringas contendo slurries cerâmicas viscosas e distintas estão conectadas a uma cabeça de impressão feita sob medida”, disse a ARL. “Pelz aproveitou suas habilidades de programação de computador para invadir a impressora 3D, enganando-a usando seus próprios controles de ventoinha para manipular a proporção de materiais impressos. Ele projetou um eixo helicoidal e cabeça de impressão personalizados e até usou a mesma impressora 3D para criar essas partes “.

Pelz diz que a impressão 3D oferece imensas possibilidades. “A impressão 3D e a manufatura aditiva geralmente dão a alguém a capacidade de realmente projetar e criar o que quiserem. É um processo muito rápido de pensar em um design, modelar esse design e realmente produzir esse design.”

No entanto, a questão realmente interessante não é apenas o que uma impressora 3D pode produzir, mas quem pode produzi-la. Se for tecnicamente possível – e agora legal nos Estados Unidos – imprimir armas 3D, e também é possível imprimir armaduras de cerâmica, então as possibilidades são imensas.

Mas não necessariamente para melhor. Obviamente, uma organização militar como o Exército tem acesso a materiais e conhecimentos especializados. Ainda assim, a tecnologia militar tende a se difundir para uso civil. Se alguém pode hackear uma impressora 3D para produzir armas de fogo e coletes, então eles podem efetivamente equipar uma força leve de infantaria (e não vamos entrar em itens exóticos como drones ou explosivos).

A impressão 3D é uma democratização da tecnologia que permite que as pessoas produzam coisas que antes eram construídas em fábricas e agora produzidas na garagem. Armas e armaduras incluídas.

Toda tecnologia tem que ser usada com cautela e sabedoria. E não se esqueça, se precisar de serviço de impressão 3D conte com a Sigma Protótipos.

Vendo esta matéria, me lembrei de um vídeo que assisti onde foi impresso em metal a armadura do homem de ferro. Vejam o vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Open chat
Quer fazer um orçamento?
Powered by